Unidade Prisional do interior do Ceará é cenário para um ato macabro de violência sexual.

A falta de segurança e a super lotação em presídios no Ceará, são algumas das “pedras no sapato” da gestão do governador reeleito Camilo Santana.

Isso porque, no último sábado, 13, uma menina de apenas 11 anos de idade, foi capturada e abusada sexualmente por um dos detentos da Unidade Prisional de Itaitinga, região metropolitana de Fortaleza.

O caso aconteceu, quando a mãe da jovem, foi visitar outro filho na referida Unidade Prisional e percebeu o sumiço da menina.

De imediato, a mãe desesperada, acionou a segurança do presídio que logo encontrou a jovem em uma das celas. O detento que abusou da menina foi retirado da cela e levado para outra ala do cárcere.

Para as autoridades policiais do Estado, lotados na Unidade, a falta de planejamento e execução de ações que vigorem a disciplina na unidade é uma das causas de tal ato macabro.

A outra é a super lotação nos presídios, bem como, quebrando regras dos próprios detentos no núcleo do cárcere.

Sendo assim, o fato revoltante, reforça mais ainda a atenção que o governador Camilo Santana terá que adotar punitivamente a fim de acabar com esses problemas, ou nem, ele estará livre dessa mazela que assola a população cearense.

Posted Under

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *