Presidente do Senado Federal, Eunício Oliveira, aponta motivos de sua derrota frente às urnas eleitorais.

O sabor amargo da derrota nas urnas no último dia 7 de outubro, ainda é sentido pelo Presidente do Senado Federal.

Para Eunício Oliveira ( MDB/CE), duas pessoas foram culpadas diretas pelo tal acontecimento. Trata-se do ex-governador do Estado do Ceará e Senador eleito, Cid Gomes e seu irmão, ex-candidato à Presidência da República, Ciro Gomes ( ambos PDT/CE).
Desta feita, para o cacique do Ceará, os irmãos FG’s agiram de má fé, bem como, impedindo que o parlamentar conseguisse sua recondução ao Senado Federal.

Com a derrota, Eunício Oliveira ( MDB/CE), dará adeus ao Congresso Nacional e entrará uma das grandes renovações da política cearense em seu lugar, o Senador eleito Luis Eduardo Girão ( PROS/CE), ex-presidente do Fortaleza.

Isso mostra que o prestígio do Presidente do Senado Federal ainda anda bem em baixa com os FG’s e com boa parte da população cearense.

Após os resultados das urnas, no último dia 7, ainda em primeiro turno das eleições, Eunício Oliveira ( MDB/CE), afirmou que vai deixar a vida pública e se dedicar mais à família. Tão somente, pondo fim uma carreira parlamentar de altos e baixos e de anos no Estado do Ceará.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *