Merenda Escolar de Ipu é desviada para realizar Festa das Mães.

Uma das metas das Escolas é a assiduidade/presença dos alunos em sala de aula. Para tanto, conseguem esse objetivo, em partes, através da merenda escolar, haja vista a baixa condição social da maioria da população.

Tal programa educacional tem, por exclusividade, a missão de servir a merenda para aqueles que dela precisam – os docentes/alunos – de cada unidade escolar.

Entretanto, o Vereador Ivo Sousa (PDT-IPU-CE), fez uso da tribuna da Câmara Legislativa de Ipu (áudio abaixo) para denunciar o abuso e o desvio de finalidade exercido por algumas escolas, haja vista, a utilização dessa merenda para realizar a festa da Mães do Município.

Por conseguinte, a Lei das Diretrizes e Bases da Educação Nacional – LDB, é um tanto quanto categórica e taxativa em explanar que a merenda escolar é de EXCLUSIVIDADE do aluno, no tocante a essência diária das escolas.

Diante de tamanho absurdo, alguns vereadores de situação (áudios abaixo), acreditem, confirmaram o desvio, cujo pode até ensejar problemas com a justiça (jurídicos) para os envolvidos.

Visto isso, quem mais perde, são os alunos que, não raramente, têm as escolas como “saída” para erradicar ou diminuir a fome, pois, muitas vezes, não possuem o alimento sagrado e diário em suas casas. Triste realidade brasileira.

Assim sendo, a indignação por este episódio se faz necessária, tamanha a lamentável situação, que mostra a falta de respeito por parte de alguns gestores, e, até mesmo, a falta de bom senso e zelo para com a coisa pública, ao passo que sabem que é uma prática totalmente ilícita, deixando as escolas desprotegidas por seu público alvo – os alunos.

Por derradeiro, ficam caracterizadas a falta de espírito público e cuidado com os munícipes, notadamente no tocante às gerações futuras, comprometendo o desenvolvimento educacional satisfatório.

Abramos os olhos. Educação de qualidade é a base para uma sociedade promissora e vencedora.

Rádio Cidade – O Amor de Ipu.
Fundação Martins – Plantando sementes, colhendo bons frutos.
Setor de Redação e Jornalismo.
Texto do Prof. George Aragão.

Escute o áudio Abaixo:

Posted Under

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *